A troca dos pneus do veículo não deve ocorrer apenas quando estiverem carecas, é necessário que eles estejam em perfeitas condições e calibrados para garantir a segurança e estabilidade do veículo. Essas medidas faz com que seja reduzido o consumo de combustível, por isso, é extremamente importante saber a hora certa de trocá-los. Confira!

Quando realizar a troca?

Os desenhos que consta nos pneus com profundidade na parte que toca o solo, tem como função escoar a água quando o veículo atinge a superfícies molhadas mantendo a estabilidade em contato com o solo. Quando atingem a uma profundidade inferior a 1.6 mm são provocadas derrapagens e até mesmo a perda de controle do veículo, demonstrando que é preciso realizar a troca dos pneus.

Outro ponto a ser analisado, é quando o pneu está mais gasto do que o outro, isso representa problemas de alinhamento, suspensão, direção do veículo ou rodas empenadas. Portanto, o recomendado é que seja feito o rodízio de pneus a cada 10 mil km pelo menos.

Manutenção aumenta a durabilidade dos pneus?

Para aumentar a durabilidade dos pneus, é necessário investir em pneus de qualidade e fazer a manutenção. O recomendado é alinhar a direção a cada 5 mil km, fazer os rodízios dos pneus e fazer o balanceamento, caso sinta que o veículo sofre vibrações ao atingir a velocidade acima dos 90 km/h.

Clique aqui e confira as 7 dicas de como cuidar dos pneus do seu carro!

É possível realizar a troca de apenas um pneu?

O recomendado é que as trocas sejam realizadas de acordo com os pares por causa do nível de desgastes. Se for fazer a troca de um par, mantenha sempre os pneus mais novos no eixo traseiro, para manter a estabilidade em curvas e em pistas molhadas.

Como fazer a troca dos pneus?

Realizar a troca dos pneus do seu veículo é mais simples do que imagina! Seguindo corretamente os passos que preparamos, é possível realizar a manutenção sem maiores complicações.

Para começar será necessário um estepe, macaco e chave de roda. O estepe tem que estar em boas condições de uso e calibrado. Acione o alerta e procure uma área com menos circulação para estacionar o veículo. Para sinalizar utilize o triângulo em uma distância de 30 metros do carro.

A troca:

1° Gire a chave no sentido anti-horário afrouxando as porcas;

2° Posicione o macaco sob a lataria do veículo, o ponto correto está no manual do proprietário; o macaco deve estar bem posicionado;

3° Quando a roda estiver fora do chão, remova os parafusos e retire o pneu;

4° Coloque o estepe e aperte as porcas;

5° Coloque o veículo no chão novamente e aperte novamente as porcas;

6° Retire o macaco e guarde a chave de roda.

O que não podemos esquecer é que para essas manutenções, é importante que o freio de mão esteja puxado e a primeira macha engatada, caso o carro tenha transmissão automática o recomendado é que deixe na posição P.

Com todas essas dicas ficam fácil saber o momento exato de realizar a troca não é mesmo? Quer saber mais confira no nosso blog, e fique por dentro de todas as novidades do nosso site.