Como utilizar o óleo correto para não comprometer o consumo do combustível? Confira!

*/?>
295

É fundamental estar atento a escolha correta do óleo e aos prazos de trocas, para que o motor funcione corretamente.

O óleo e o combustível trabalham separados, porém, se o óleo estiver fora das especificações ou velho, poderá influenciar no consumo de gasolina.

Importância do óleo

O óleo é extremamente importante para impedir os desgastes das superfícies metálicas do motor, dispersar o calor e reduzir o atrito protegendo o motor, e quando é utilizado um lubrificante de qualidade, evita o acúmulo e depósito de sujeiras.

Se optar por utilizar o óleo recomendado para o seu veículo, será possível evitar problemas como:

1° Desempenho: quando é utilizado o óleo correto, faz com que o funcionamento do motor seja mais eficiente.

2° Lubrificação: quando é utilizado o óleo recomendado, a lubrificação do motor fica em dia.

3° Durabilidade: diminui os desgastes das peças.

4° Economia: menos desgastes, mais durabilidade e custos mais baixos.

Qual óleo utilizar?

Quando é utilizado o lubrificante sugerido pelo fabricante a durabilidade é maior, porém, não é para sempre.

No manual do fabricante consta todas as informações sobre as indicações do grau de visco (SAE), a classificação API e o intervalo de troca, seguindo essas informações é possível evitar que o motor faça mais força do que o necessário para rodar, evita a formação de borras e todas as partes do motor são lubrificadas com qualidade.

Existem três tipos de óleo: minerais, semissintéticos e sintéticos. O mineral é adquirido por componentes diretamente do óleo. Os óleos sintéticos são feitos através de reações químicas, e o recomendado pelas montadoras têm nas suas fórmulas aditivas para limpeza do motor, ou seja, não é necessário colocar aditivo complementar para lubrificantes e o semissintético é a mistura dos dois. Os três possuem características totalmente diferentes, por isso, o ideal é não os misturar.

Quer saber mais? Clique aqui e confira como verificar o nível do óleo!

Seguir as recomendações de óleos lubrificantes indicadas pelo fabricante impacta positivamente na produtividade do veículo. Caso escolha não seguir essas orientações, o lubrificante não efetuará a limpeza necessária, não controlará de maneira eficiente a temperatura do motor e não lubrificará as partes móveis do motor. Isso pode gerar aumento de temperatura e consequentemente prejudicará o desempenho, provocando maior consumo de combustível.

Descobrir o melhor óleo lubrificante para um carro é uma tarefa fácil, basta seguir as recomendações do manual do proprietário.

Fique ligado em todas as novidades do nosso blog, e não perca as nossas promoções no nosso site.

Selfcar, tão rápido que nem parece online!