Qual a maneira correta para verificar o nível do óleo? Descubra!

*/?>
121

Manter o nível do óleo correto do motor é fundamental para preservar o bom funcionamento do veículo, evitando gastos com manutenções desnecessárias e garantir a durabilidade do motor.

Com as dicas que preparamos, você consegue fazer essa manutenção sem a ajuda de um profissional. Confira!

Para que serve o óleo? 

O óleo garante o bom funcionamento do carro, além de lubrificar as partes do motor, reduzindo o atrito e evitando desgastes excessivos. É responsável também por manter a temperatura do motor e deixa-lo limpo.

Por isso, é muito importante que o óleo esteja no cárter.

O cárter é a peça em que armazena o óleo lubrificante e ajuda a resfriá-lo.

Tipo de óleo que deve ser utilizado

Existem três variedades de óleo: mineral, sintético e semissintético. O mineral é adquirido por componentes diretamente do óleo. O sintético é feito através de reações químicas e o semissintético é a mistura dos dois. Os três possuem características totalmente diferentes, por isso, o ideal é não os misturar.

Essas informações são encontradas no manual do proprietário. Por isso é importante ler o manual antes de dar início a qualquer manutenção realizada no veículo.

Vareta de medição

Depois de ler as instruções do manual do proprietário, é necessário localizar a vareta de medição.

A vareta de medição costuma ter as pontas vermelhas, laranja ou amarela, em formato de um círculo ou retângulo, saindo diretamente do bloco do motor. Normalmente estão localizadas do lado do passageiro ou próximo à frente do motor.

Verificando o nível do óleo

Os fabricantes indicam fazer a verificação do óleo com o veículo desligado, pois, o motor está frio. Outros aconselham aquecer o motor e aguardar de 5 a 10 minutos para fazer a verificação. Leia o manual e analise qual a melhor indicação para o seu veículo.

Para verificar o nível do óleo, tenha em mãos toalhas de papel ou algum pano branco para limpar a vareta e checar a sua consistência. A tolha na cor branca é específica, pois, conseguimos ter uma base da coloração do óleo. Agora é só seguir os passos abaixo:

1° Remova a vareta lentamente, mantendo a tolha de papel próxima à abertura para evitar respingos.

2° Examine a cor e a textura através do óleo da vareta. Se a coloração estiver com a cor escura é recomendado que leve o veículo a uma oficina para fazer a troca do óleo. Um óleo em boas condições deve apresentar uma coloração amarelo-esverdeada.

Clique aqui e confira as dicas de como resolver problemas no seu carro sozinho.

3° Depois que foi feita a primeira remoção da vareta, aconselhamos coloca-la novamente no seu tubo. A primeira vez que ela foi retirada, provavelmente estava encharcada, não sendo possível saber muito sobre a quantidade de óleo no motor. Limpe-a e coloque de volta e puxe novamente para obter melhores resultados.

4° Por fim, verifique a quantidade de óleo. Na vareta consta duas pequenas marcas na ponta, uma é correspondente ao nível máximo e a outra ao nível mínimo do óleo. Para um nível com quantidade correta o óleo deve estar na metade da distância entre as duas marcas.

Com quantos km troco o óleo do motor?

Muitos motoristas ficam na dúvida de quando devem realizar a troca do óleo do motor.

Vamos às dicas!

Para quem utiliza do óleo sintético e não chega a rodar a 1.000 quilômetros por mês, a troca deve ocorrer a cada 10.000 km ou todo o ano. Já para quem utiliza o óleo mineral, o recomendado é a cada 5.000 km, fazendo a troca também do filtro.

Em casos que o carro é utilizado diariamente, a troca do óleo deve cair para 5 ou 7 mil quilômetros no uso de óleo sintético e entre 3, ou 5 mil km para quem utiliza óleo mineral.

Com todas essas dicas ficam muito mais fácil cuidar do seu veículo e descobrir o nível correto do óleo do motor não é mesmo?

Fique ligado em todas as novidades do nosso blog, e não perca as nossas promoções no nosso site.

Selfcar, tão rápido que nem parece online!