Um painel de carro onde a luz do motor acendeu

A luz do motor acendeu no painel. E agora? São vários os problemas que podem acionar esse sinal que indica defeitos no carro. Nessa hora, é preciso entender rapidamente o por que a luz da injeção acendeu e o que pode estar causando o problema e focar em consertá-lo.

Quer aprender a identificar por que a luz da injeção acendeu? Então vem com a gente!

As luzes do painel

As luzes do painel do carro são um sistema de avisos ao motorista que alertam quando há algo errado no seu veículo. Muitas vezes, ela acende antes do problema estar sério o suficiente para quebrar o carro, mas, se a luz do motor acendeu, é preciso ficar atento e ser rápido em arrumar os problemas identificados pelas luzes. 

Como diferenciar luz da injeção e luz do motor?

A luz do motor ou da injeção eletrônica pode ter o formato de motor, raio ou triângulo nas cores amarela ou vermelha e também pode vir com a palavra “check” embaixo.

A diferença entre a luz da injeção e a luz do motor está no modelo do carro. Se o seu carro é equipado com o sistema de injeção eletrônica, então a luz é da injeção. Caso o seu carro não possua esse sistema, a luz será do motor.

Independente da origem, essa luz nos alerta para um problema sem definir qual. Por isso, é importante ter sempre uma oficina de confiança, com os equipamentos certos para ler a central de memória do carro, ou então alguns conhecimentos básicos para verificar por que a luz do motor acendeu.

Qual a diferença entre os motores carburados e com injeção eletrônica?

Faz alguns anos que as montadoras optaram por não fabricar mais carros com motores carburados. A adoção da injeção eletrônica se deu em massa e hoje em dia só encontramos motores carburados em carros mais antigos.

O carburador foi o primeiro sistema de alimentação de combustível. De forma mecânica, ele dosa a quantidade de oxigênio misturada no combustível para fazer com que o motor funcione. Essa peça é basicamente um tubo por onde o ar passa para ser admitido pelo coletor.

Seu formato também permite que sejam formados alguns vácuos que dosam a quantidade certa de gás oxigênio que entra no motor.

Já a injeção eletrônica faz tudo isso de maneira otimizada. Ela possui vários sensores que coletam informações do veículo e levam até uma central que funciona como um cérebro do sistema.

Ele coleta os dados, analisa e envia os comandos para alimentação dos componentes que atuam no funcionamento do carro. Quando algo não vai bem nesse processo, recebemos um alerta no painel e precisamos checar o por que a luz da injeção acendeu.

A luz do motor acendeu: e agora?

Se a luz da injeção acendeu, a primeira coisa a se fazer é desligar o carro e religá-lo. Dessa forma, se a luz do motor acendeu e permaneceu acesa, você já descarta uma falha no sistema de verificação da mesma. Se for o caso, desligue novamente o carro e espere esfriar para abrir o capô.

Quando a luz do motor acendeu e permaneceu assim após a checagem, é hora de ver uma lista de coisas que podem estar causando o problema. Mas não precisa se desesperar: a maioria delas você pode arrumar sozinho.

Então, se a luz da injeção acendeu, a primeira coisa a se fazer, pela simplicidade da checagem, é o nível de óleo.

Em geral, a luz do óleo acende junto com a do motor quando o nível está baixo, mas em alguns casos ela pode falhar e ficar apagada. Como verificar a quantidade de lubrificação é fácil, é melhor descartar de cara esse problema.

A luz da injeção acendeu ou foi a do motor? O que significa cada uma delas?

Tanto a luz do motor quanto a luz da injeção possuem o mesmo significado: algo não vai bem nas peças centrais do veículo. A diferença está no diagnóstico final do problema, já que motores por injeção e motores carburados são diferentes.

Se a luz do motor acendeu e ficou piscando, o problema que existe ali não é tão grave. Mas se a luz da injeção acendeu e não quer apagar, o problema é grave e pode interromper o funcionamento do seu carro.

É claro que, dependendo do sistema utilizado no carro, alguns problemas podem ser descartados. No caso do motor carburado, por exemplo, podemos descartar a possibilidade de que a luz do motor acendeu por conta de erro na centralina, já que este é um dispositivo exclusivo da injeção eletrônica.

É possível identificar os problemas do motor sem ir ao mecânico?

Às vezes a luz da injeção acendeu justo na hora em que estamos longe da nossa oficina de confiança. Se a luz do motor acendeu é melhor manter a calma para identificar de onde vem o problema. Por isso, conhecer o motor do seu carro e ter algumas peças e equipamentos de reserva é importante.

É claro que você não vai sair por aí trocando as peças do seu motor como se não houvesse amanhã. Mas saber verificar tudo para identificar o motivo pelo qual a luz da injeção acendeu pode evitar que você fique preso no caminho ou seja passado para trás por um mecânico desconhecido.

Se a luz do motor acendeu, você mesmo pode verificar alguns pontos debaixo do capô e, dependendo da causa, até fazer a substituição por conta própria. Mas, para fazer a verificação, você vai precisar de alguns equipamentos.

A primeira coisa que todo motorista deve ter é o scanner para fazer o teste de percurso e verificar o motivo pelo qual a luz da injeção acendeu. Ele verifica os defeitos que só se manifestam com o carro em movimento.

O vacuômetro também é um equipamento importante. Ele é uma ferramenta analógica que fornece informação do vácuo do motor de forma mais rápida, para saber o por que a luz do motor acendeu. Ambos custam menos de R$100 e podem te ajudar a identificar por que a luz da injeção acendeu.

Mas não pense que o diagnóstico do problema acaba por aí!  Para saber por que a luz do motor acendeu é necessário verificar peças como a correia dentada, pressão dos pistões, mangueiras, bateria, vazão da bomba de combustível, líquido de arrefecimento, cabo das velasbobina de ignição, sonda lambda dentre outras. A boa notícia é que você encontra a maioria delas na Selfcar!

Vamos entender mais?

Injetores

Se a luz da injeção acendeu, a causa pode ser um problema simples, que é o entupimento dos bicos injetores. Isso acontece quando os bicos ficam bloqueados pelas impurezas.

Se você não troca ou limpa os bicos injetores há muito tempo e notou um aumento do gasto de combustível recentemente, fique atento ao barulho do motor. Caso ele esteja fazendo sons de “batida”, como se fosse um carro muito velho, já pode ter certeza que o problema é esse.

Velas de ignição

As velas de ignição são outra peça pequena do motor que pode ser substituída com facilidade. Se a luz do motor acendeu e ele estiver falhando de forma “irregular”, com um pistão ou outro sem funcionar de forma aleatória, é provável que o problema esteja aqui.

Nesse caso, será preciso trocar a vela de ignição, já que é impossível arrumar essa peça.

Sonda lambda

A chamada sonda lambda serve para garantir que a mistura de combustível e gases seja feita corretamente pelo motor e pode ser o motivo pelo qual a luz da injeção acendeu.

Quando essa peça para de funcionar, a mistura de ar e combustível para a combustão começa a ser aleatória e o carro perde potência. Se a luz da injeção acendeu, a causa pode ser essa.

Se o problema for esse, menos mal: para trocar a sonda lambda não é preciso retirar o motor do carro e você pode fazer isso por conta própria caso tenha alguma prática de mecânica – saiba como no nosso artigo!

Catalisador

O catalisador é uma parte importante do escapamento do carro, responsável por diminuir a poluição e a temperatura dos gases que saem do motor antes que eles sejam soltos no ar.

Quando o catalisador está entupido ou com rachaduras internas, o fluxo de saída dos gases pode ficar comprometido, criando muita pressão dentro do motor. Portanto, se a luz do motor acendeu, cheque o catalisador. Se o problema for nessa peça, ela é de fácil substituição.

Outros problemas mais complicados

Se a luz da injeção acendeu, algumas causas podem ser mais complicadas de resolver e também mais caras para o bolso. A principal delas é quando a centralina começa a travar. Em inglês, a peça é chamada de ECU e é responsável por todos os sistemas eletrônicos do motor, desde a injeção eletrônica até a sonda lambda.

Se o problema for na centralina e a luz da injeção acendeu, é preciso reconfigurá-la ou trocá-la. De qualquer forma, é um trabalho complexo e que exige conhecimentos de computação específicos para os automóveis.

Se o seu veículo for movido a diesel e a luz da injeção acendeu, vale a pena dar uma verificada na válvula EGR, responsável por regular a emissão de gases.

Nos carros a gasolina e álcool que fazem uso dessa peça, ela raramente dá problemas, mas nos movidos com diesel ela pode entupir e causar o acendimento da luz do motor pelos mesmos motivos que o entupimento do catalisador.

Gostou das nossas dicas? Que tal conferir o Blog da Selfcar para conhecer melhor o seu carro? Conheça também a nossa loja virtual e aproveite os nossos preços imbatíveis e descontos exclusivos!