Trocar sonda lambda? Saiba identificar os sinais do carro

*/?>
814
trocar sonda lambda

Há algumas semanas, meu carro começou a apresentar alguns defeitos que iam e voltavam toda hora. Já vou começar te dando um spoiler: foi esse funcionamento errático que me fez trocar sonda lambda. 

Mas espera aí, vamos começar do começo: quais eram os problemas? 

A luz do painel estava sempre acesa, o combustível durava menos, o carro soltava um cheiro horrível e o desempenho só caía, mesmo que esses problemas não fossem constantes. Um belo dia, antes de sair para o trabalho, meu carro simplesmente não ligou mais. Pronto, fiquei na mão.

Daí pensei: combustível durando menos, cheiro estranho, o carro custa a pegar e de repente pára? Não sei o que me deu na cabeça na hora, acho que foi iluminação da previdência divina mesmo, porque só pensei em uma coisa: sonda lambda.

Mas aí o negócio fica bem problemático, eu ainda não sabia trocar sonda lambda. Nunca tinha trocado antes, só tinha visto o mecânico fazer. Como eu entendo um tanto razoável de manutenção, falei “Já era. Vou comprar na Selfcar e mandar bala. Vamos ver no que dá”.

mecânico com ferramenta para troca de sonda lambda
Muitas vezes, problemas em peças como velas, bicos injetores ou filtros de ar e combustível podem causar defeitos parecidos e pessoas leigas ou profissionais menos experientes podem cair nessa pegadinha da sonda lambda, o que, felizmente, não foi o meu caso.

Depois de checar outras possíveis causas e atestar o bom funcionamento das demais peças, não me restava outra alternativa a não ser começar os testes necessários para trocar sonda lambda.

Mas pera lá hein? Se você não conhece a peça e precisar trocar, não adianta querer fazer sozinho porque não vai dar certo. Você tem duas opções: ou paga mais caro no mecânico ou aprende. Aqui eu vou te ensinar a trocar, depois você testa e me diz se deu certo, beleza?

O que é a sonda lambda?

Sonda lambda do carro

A sonda lambda, ou sensor de oxigênio, é a estrutura que mede a quantidade de gases que saem do escapamento, tendo como referência o próprio oxigênio.

Você será informado sempre que algo estiver errado no processo de queima de combustível através da luz de injeção no painel do carro. A injeção usará os dados da sonda lambda para identificar a medição necessária para a mistura ideal entre a gasolina, etanol ou diesel e o oxigênio.

Entretanto, cerca de 90% das vezes em que essa luz no painel é ativada, o problema é outro. Até mesmo uma baixa pressão na bomba de combustível pode ativá-la. Isso significa que nem sempre trocar sonda lambda é a solução para os defeitos do carro. Como essa peça é complicada e a substituição demanda uma habilidade maior, é bom descartar todas as outras possibilidades antes de se arriscar a trocar sonda lambda.

Pra começar, antes de colocar a mão na massa é necessário fazer uma revisão mais ampla, realizando testes com scanners feitos justamente para oferecer leitura completa do módulo da injeção e evitar uma troca desnecessária.

Só fui capaz de trocar sonda lambda sozinho porque possuo experiência em mexer com carros e tenho o hábito de fazer reparos, revisões e trocas de peça por conta própria. Se não for esse o seu caso, melhor evitar. Veja como funciona o processo a seguir.

Como trocar sonda lambda?

Medidor de carro em teste para trocar sonda lambda

A primeira coisa a se fazer é realizar uma série de testes na sonda lambda. Para isso você precisará de um aparelho de medição chamado multímetro. Localizei a sonda do meu carro perto do coletor de escapamento e conectei o fio positivo do multímetro atrás do conector coletor de sinal.

O fio negativo é ligado na parte negativa da bateria para fazer o aterramento antes da leitura. Liguei o motor do meu carro e notei que o sinal da sonda lambda estava oscilando muito, ficando com um sinal muito baixo durante muito tempo.

Isso significa que o meu carro estava com uma mistura muito pobre de gases na hora de realizar a combustão e, por isso, eu estava com dificuldades na partida. Mistério resolvido.

Identificar o problema foi mais difícil do que trocar sonda lâmbda

Agora sim, só depois de todo esse processo, eu tinha nas mãos a comprovação do problema, e isso significava ter que trocar sonda lambda do carro. Para fazer isso, desliguei a conexão elétrica da sonda e soltei o sensor do tubo do escapamento do carro para comparar o sensor antigo com o novo, que precisei comprar. Por sorte, a sonda mais nova veio com a conexão elétrica e não precisei trocar.

Assim, instalei a peça nova, colocando o sensor no tubo do escapamento e a conexão elétrica e apertando bem, com as chaves certas, para que não se soltassem. Logo depois, liguei a chave na ignição e esperei até o scanner limpar o código do computador do veículo.

Depois de ligar o veículo, constatei uma melhora imediata dos problemas. Por segurança, realizei os testes novamente e tudo funcionava perfeitamente. Ou seja, era mesmo questão de trocar sonda lambda. 

Sonda lâmbda defeituosa tem problemas em encontrar outro defeito

A questão é que trocar sonda lâmbda não acontece por acaso. Não é que você está com um problema nela e por isso seu carro não liga. É mais embaixo do que isso. Seu carro não liga porque ele está com algum problema no motor que a sonda lambda não está conseguindo captar.

Esse é o X da questão ao trocar sonda lambda. Se você não consegue ver quando problemas surgem, eles vão surgir de surpresa, e isso não é bom pra ninguém.

Portanto, se notar problemas para ligar o carro ou em seu desempenho como os que relatei aqui, antes de trocar sonda lambda por conta própria, confira com os equipamentos certos para diagnosticar o problema e desconfie até mesmo das oficinas. Muitas vezes, aquele profissional que cobra baratinho para trocar sonda lambda por uma nova pode te fazer pagar caro depois, com outros problemas mais graves no carro.

Pior: se o problema não for identificado corretamente, você vai continuar rodando com um defeito no carro correndo sérios riscos.

Nem sempre todos os problemas são complicados como aqueles que levam a trocar sonda lambda. Quer saber se é possível identificar outros problemas do seu carro sozinho? Confira no nosso próximo artigo!