Lucre mais na revenda do carro com essas dicas de cuidados!

*/?>
154
revenda do carro: entregando a chave do carro

Não dá pra investir num veículo hoje em dia sem já levar em conta o preço de revenda do carro. Afinal de contas, você vai querer trocá-lo em algum momento, certo?. Mesmo que seja uma possibilidade distante, se você se planejar desde a compra tudo fica mais fácil quando chegar a hora de revender.

Para garantir um bom preço de revenda do carro, é preciso manter alguns cuidados regulares na manutenção, na direção e nos hábitos do dia a dia. Também existem algumas melhorias que podem ser feitas um pouco antes da revenda para ajudar a valorizar o veículo.

Quer aprender como garantir a melhor revenda do carro? Então dá uma olhada.

revenda do carro: carro pronto para revenda

Comprar pensando na revenda do carro

O primeiro cuidado a se tomar na revenda do carro é escolher um modelo que seja valorizado no mercado de usados. Isso exige alguma pesquisa, principalmente porque as taxas de desvalorização costumam ser diferentes para cada região.

Contudo, existem algumas diretrizes básicas que você pode seguir. Carros esportivos ou de luxo, por exemplo, tendem a desvalorizar mais rápido em relação aos carros populares ou utilitários, – mas isso também depende, é claro, dos cuidados com a manutenção.

Também é importante pensar na revenda do carro na hora de escolher a cor do veículo. Em geral, cores mais neutras, como preto, branco ou prata, têm preferência do mercado por agradarem um número maior de compradores. O cinza também pode ser uma opção. Se você quiser muito um veículo colorido, dê preferência para para os tons de vermelho ou azul, de preferência escuros, que incomodam menos.

Nem todos os modelos, no entanto, são desvalorizados na revenda por conta de cores vivas.Exemplos disso são a Kombi e o Fiat Uno, dois modelos que são bem aceitos em tons mais fortes. Ou seja, pesquise antes e saiba como o mercado responde ao carro da sua preferência!

revenda do carro: feirão de revenda de carro

Cuidados com o uso do carro

Para evitar problemas na revenda do seu veículo, tenha sempre em mente que ele terá outro dono depois de você. O ideal para conseguir a revenda do carro é danificá-lo o mínimo possível para não reduzir o número de compradores em potencial.

Por exemplo: se você é fumante, evite fumar dentro do carro, porque depois de um tempo o odor de cigarro é difícil de ser eliminado e isso pode afastar compradores que não fumam.

Outro fator que derruba muito o preço de revenda do carro são os arranhões na pintura. Por isso, ser um motorista prudente, além de uma questão de segurança, também é um bom investimento, já que riscos e arranhões fazem o preço do veículo cair.

É preciso tomar cuidado com a manutenção também. Conforme o carro vai sendo usado, ele se desgasta e demanda uma manutenção mais recorrente para funcionar bem, o que gera mais gastos para o proprietário e diminui seu preço.

Dá para diminuir os gastos com manutenção cuidando de algumas coisas em casa, mas a tendência é o gasto aumentar com o tempo de uso do veículo.

Existe uma ideia equivocada de que é melhor manter as peças originais do veículo ao invés de trocar as que estão dando prejuízo. Do ponto de vista da revenda do carro isso não faz sentido, já que é mais vantajoso para o futuro proprietário ter um carro funcionando bem, independente se as peças vieram de fábrica no veículo ou não.

Para não ter problemas sérios com o carro, é bom ter sempre à mão ferramentas que ajudam a consertar o veículo e evitar que ele fique exposto na estrada por um longo tempo.

Outro fator importante para cuidar bem do veículo é ficar atento ao clima. Deixar o carro exposto por muito tempo no sol ou na chuva desgasta a pintura muito mais rápido, por isso, tome cuidado na hora de escolher onde estacionar o seu veículo.

A hora da revenda do carro

Decidiu vender o veículo? Então é preciso ficar de olho nos aspectos legais da transação e nas condições gerais do automóvel. Os cuidados legais envolvem se certificar que o veículo não tem nenhuma pendência de multas e garantir que a documentação está em dia.

Para entregar o carro em boa forma, comece fazendo uma revisão geral arrumando o que for necessário, principalmente as peças que não estiverem funcionando. Nada derruba mais o preço de revenda do carro do que já apresentá-lo com problemas.

Confira também se a chave reserva e o manual de proprietário estão disponíveis, já que a perda desses itens implica em gastos para o próximo proprietário que ele pode querer tirar do valor da revenda do carro.

revenda do carro: homem segurando chave de carro

Não importa se você vai vender diretamente para uma pessoa física ou revendedora, é muito importante fazer uma limpeza pesada por dentro e por fora do veículo. Uma boa aparência sustenta um bom preço de revenda do carro e o gasto com isso não é tão alto assim.

Já que falamos no futuro proprietário, decidir para quem você vai vender também é um fator importante nesse processo. Se você decidir vender para uma garagem de semi-novos ou usar os serviços de uma revendedora para facilitar a exibição do carro, saiba que o dinheiro que vai parar no seu bolso vai ser menor, mas o trâmite será mais rápido.

Se você decidir vender diretamente para o próximo proprietário, será preciso ter paciência e um pouco de disposição para anunciar por conta própria que está vendendo o carro, pois só assim os interessados vão chegar até você.

Não dá pra imaginar ter um mesmo carro por décadas, até ele parar de funcionar. Para não desvalorizar a revenda do carro no futuro, são necessários alguns cuidados que você deve ter em mente desde o momento da compra.

Gostou das nossas dicas para revenda do carro? Que tal receber dicas como esse no seu e-mail todas as semanas? Se inscreva na nossa newsletter abaixo e receba sempre as melhores dicas de manutenção de veículos!