problemas no carro

Sabia que dá pra identificar problemas no carro pelo cheiro que ele está emitindo? Mais do que isso, os cheiros do carro podem te ajudar a evitar certas complicações, como vazamento de óleo ou gasolina, antes que elas piorem, pois te ajudam a prever quais peças precisam ser trocadas.

Para entender como o cheiro do carro pode te ajudar a resolver essas questões, preparamos um guia para você saber onde procurar cada defeito quando sentir um odor estranho.

Vamos nessa?

Identificar problemas no carro pelo cheiro

Se você quer usar o odor para identificar problemas, precisa também saber como é normalmente o cheiro do carro. Esse tipo de atenção vale para tudo no seu veículo: desde o barulho até a aparência.

Um automóvel é composto de peças de vários materiais, cada um com seu próprio cheiro natural, que é diferente do cheiro de queimado dos mesmos. Além disso, muitos fluídos desempenham diferentes papéis e cada um também apresenta cheiros diferentes.

Confira abaixo como identificar alguns problemas no carro a partir do cheiro.

Vazamento de gasolina

O característico cheiro de gasolina, comum de se sentir em postos de abastecimento, costuma indicar problemas no carro quando sentido no veículo. Normalmente a questão é um vazamento, por isso é preciso verificar a origem para evitar desperdício.

Comece a procurar o problema pelo tanque de combustível, e siga o seu olfato para identificar a fonte do cheiro no carro. Algumas vezes, a tampa do tanque, o filtro de combustível ou mesmo as mangueiras que ligam tudo ao motor podem ser a causa do problema.

Vazamento de óleo

O cheiro de óleo também é muito característico e indica diversos problemas no carro. A primeira coisa a se fazer quando se sente o odor do óleo é verificar o nível de fluido no motor: se estiver muito baixo, talvez nem seja bom ligar o carro.

O óleo costuma vazar pelo filtro de óleo ou pelas juntas do cabeçote, então comece procurando ali.

Se o cheiro do carro for de óleo queimado quando você acelera, preste atenção: pode ser porque você trocou a marca do produto ou porque o líquido está vazando perto de partes que ficam sobreaquecidas, como o motor ou o escapamento.

É preciso cuidado redobrado com cheiro de óleo queimado, pois além de indicar problemas no carro, os gases podem provocar intoxicação.

Problemas no sistema de freios

Os freios são um grande candidato a causador de cheiros estranhos. Os problemas no carro que aparecem na região costumam provocar aquele odor forte de metal quente ou queimado.

Fusca parado na rua: os problemas no carro podem ser identificados pelos cheiros, principalmente vazamentos quando o carro está parado.

Se você tem freio a disco e trocou recentemente os discos, o cheiro do carro pode indicar que a peça foi colocada levemente fora de lugar e está segurando a roda, produzindo o cheiro de metal queimado, além de borracha.

O freio tradicional também pode apresentar cheiros quando está causando problemas no carro, normalmente de borracha queimada. Se começar a sentir esses odores e perceber o carro prendendo, é sinal que o freio está se acionando sozinho.

Carburador

O famoso cheiro de carburador queimado costuma ser identificado como um cheiro de fumaça normal. É a fumaça do combustível voltando pela peça ao invés de seguir para o escapamento. Esse problema costuma acontecer porque a válvula interna não está aguentando a pressão.

Nesse tipo de caso, abrir o carburador e trocar as válvulas é uma opção, mas é raro encontrar esse pedaço da peça no mercado. Como o carburador não costuma ser tão caro, pode valer a pena investir em trocá-lo inteiro.

Se o cheiro no carro for constante, talvez a peça esteja furada. Nesse caso, só a troca resolve.

Sistema de exaustão

Do outro lado do motor, temos o sistema de exaustão, que também emite o cheiro de combustível queimado. Os problemas no carro causados por um furo no exaustor, no escapamento ou no catalisador são enormes, graças à pressão da combustão.

Além disso, é nossa responsabilidade com o meio ambiente cuidar do sistema de exaustão, já que é nele que os gases poluentes são filtrados para causar menos impacto ambiental.

Carro parado no campo: conhecer como normalmente é o cheiro do carro é essencial para encontrar problemas no carro.

Os problemas no carro que acontecem na exaustão costumam ser identificados principalmente pelo cheiro.

Ar condicionado do carro

Ligou o ar condicionado e veio aquele cheiro estranho? Os problemas no carro também podem acontecer em peças como essa, que não afetam diretamente o desempenho do veículo. No caso, é muito fácil identificá-los.

Se a época é de frio, a questão do cheiro do carro afetado pelo ar condicionado pode estar em fungos e bactérias que se alojam nesse sistema e se proliferam. Para combatê-los, o ideal é cuidar sempre, fazendo a limpeza periódica e trocando o filtro sempre que necessário.

Gostou das nossas dicas de como identificar problemas no carro pelo cheiro? Agora que tal resolvê-los por conta própria? Vem conferir como você pode fazer a manutenção do carro!