O carro bateu de frente, o que vou precisar trocar?

*/?>
601
carro bateu de frente

Seu carro bateu de frente com outro veículo, o que fazer? Muitas vezes nós achamos que uma batida leve no trânsito não causa problemas ao veículo além do lado estético, mas isso passa longe da verdade.

Muitas vezes, uma simples colisão já é o suficiente para te obrigar a trocar as peças do carro e pode sair muito cara. Mas antes de tudo, é preciso saber o que precisa ser trocado e o que está inteiro.

Quer aprender a resolver os problemas que podem surgir se o seu carro bateu de frente e entender o que o mecânico está falando? Então se liga nesse artigo!

O prejuízo é maior se o carro bateu de frente

Quando acontecem colisões no trânsito, em geral são aquelas em que um veículo está de frente e choca-se na traseira do outro. Nesses casos, quase sempre o prejuízo vai ser maior se o seu carro bateu de frente.
Isso acontece porque o motor dos veículos se localiza na frente, o que quase sempre significa ter que trocar peças do carro.

Imagem de carro em cruzamento, onde pode acontecer uma colisão frontal e exigir trocar peças do carro.

Para começar a identificar o seu prejuízo, comece com o teste visual: observe o carro por inteiro, de olho em rachaduras pequenas e qualquer tipo de amassado. Esses serão os pontos onde você vai checar dentro do capô depois.

É preciso olhar embaixo do carro com uma lanterna, procurando rachaduras no assoalho. Se for o caso, pode acontecer infiltração de água, então você vai precisar levar o carro para consertar a funilaria.

Checar o motor e trocar as peças

O mecânico vai ficar de olho em tudo que estiver balançando ou pendurado dentro do capô: se balançou, é certeza que precisa arrumar.

Verifique o radiador em primeiro lugar. Se o carro bateu de frente, ele é a peça mais vulnerável por estar à frente do veículo e provavelmente sofreu algum dano. Fique de olho se ele está furado ou amassado.

Ele também vai verificar algumas peças que ficam presas no motor e podem se soltar: a sonda lâmbda, os cabos elétricos, entre outros. Essas peças podem dar problema e fazer o carro parar do nada.

Simulação de colisão entre dois veículos. Os gastos podem ser maiores quando o carro bateu de frente.

O motor é uma peça bem sólida e resistente e raramente sofre danos quando o carro bateu em velocidades normais no trânsito. Entretanto, algumas peças importantes para seu funcionamento podem precisar de uma manutenção, em especial a ventoinha e a correia.

Para trocar essas duas peças não é necessário desmontar o motor, pois elas ficam do lado de fora. O custo delas também é pequeno.

Algumas outras peças também podem quebrar no motor e acabar causando danos ao longo do tempo quando o carro bateu de frente. A principal, que quase sempre passa despercebida dos proprietários, é a tampa do óleo rachada.

Quando a tampa do óleo racha, ela pode acabar resultando em vazamentos e até evaporações que irão fazer o óleo rarear e podem acabar com o motor fundido.

Cuidados externos na hora de trocar peças

Se você freou bruscamente para evitar a colisão, mas mesmo assim o carro bateu de frente, pode ser necessário ver os pneus. Algumas freadas mais súbitas podem deixá-los carecas.

Pior, eles podiam já estar carecas e terem sido a causa do veículo não ter parado a tempo de evitar a batida.

Verifique também a suspensão. Para isso, você pode usar um nível de pedreiro para ver o alinhamento do carro.Coloque o carro em um lugar plano e teste sobre as quatro rodas. Existem empresas especializadas em balanceamento que são mais indicadas para esse serviço que o mecânico comum.

Trocar peças que podem dar problema

Algumas peças podem ser mais difíceis de verificar problemas quando o carro bateu de frente.

Fique de olho por exemplo no alternador: se o carro bateu de frente e começou a dar problemas elétricos, ele pode estar travando. Nesse caso, a troca é simples e exige ferramentas leves.

Uma forma de verificar se o alternador está apresentando problemas após uma batida é verificar se o carro está com aceleração oscilante.

Se o veículo estiver soltando gases mais fortes, a batida pode ter comprometido o catalisador. Trocar a peça do carro é muito simples, também, mas é preciso ter um poço para entrar embaixo do veículo.

Gostou das dicas para trocar as peças do carro quando ele bateu de frente? Então que tal passar no blog para descobrir como manter seu veículo sempre nas melhores condições? Chega mais!